Como trabalhar como baterista: seja profissional

13/02/2019

Como trabalhar como baterista?

Olá nação batera! Tudo em cima? Hoje viemos mostrar para vocês 3 formas de como trabalhar como baterista. Não existe nada melhor do aliar uma paixão à sua profissão! E se você manda bem na bateria, por que não fazer isso, não é mesmo? Ser um baterista profissional vai muito além de ser mestre no instrumento, é tornar a bateria o seu ganha pão! Leia nossas dicas a seguir e saiba como fazer esse sonho se tornar realidade:

1 – Aulas de bateria:

Se você manda muito bem tocando bateria e tem uma boa formação musical, você deveria considerar dar aulas para quem quer aprender. Você pode fazer isso de duas formas: sendo contratado por escolas de música ou sendo um professor autônomo. As vantagens de ser contratado por uma escola é que ela te fornecerá toda a estrutura necessária para você dar as suas aulas. Porém, apesar dessa vantagem, uma desvantagem é ter um horário pouco flexível. Se você é muito ocupado ou tem diversos projetos paralelos, essa opção poderá não ser a melhor para você. Porém você pode ser um professor de bateria autônomo. A desvantagem de ser autônomo é que você deverá montar a sua própria estrutura. Mas, como tudo tem um lado bom, a vantagem de ser autônomo é poder montar seus horários e também não precisar comissionar o seu salário com alguma escola de música. Todo o retorno financeiro irá para você. Claro que você precisará fazer investimentos e manutenções no seu espaço de ensino, porém no final, será tudo seu e com certeza seus alunos ficarão satisfeitos.

2 – Tocar em shows:

Outra opção de como trabalhar como baterista é tocando em shows. Com certeza esse deve ser o sonho de qualquer baterista! É fácil? Certamente não, mas não é impossível! Dominando a técnica e divulgando o seu trabalho em todas as mídias possíveis você pode chegar longe! Você pode ter uma banda ou tocar como músico acompanhante. Ser músico acompanhante pode te abrir portas, com certeza você fará muitos contatos. Na maioria dos casos, os músicos acompanhantes são contratados por um curto espaço de tempo, mas há casos de bateristas que tocam em mais de uma banda! Muito mais vantagem né?

3 – Canal no Youtube:

Para ganhar notoriedade e ao mesmo tempo fazer uma grana, você pode ter seu próprio canal no Youtube! É um caminho mais lento de ganhar dinheiro como baterista, mas se você se dedicar e divulgar seus vídeos você pode ganhar um público considerável! A procura pela bateria é um mercado crescente e cada vez mais pessoas querem aprender mais sobre esse universo!

Por falar nisso, você já se inscreveu em nosso canal no Youtube? Clique aqui e fique por dentro de várias dicas e conteúdos incríveis sobre o mundo dos bateras! Para ler mais textos como esse, você pode acessar o nosso blog e nossas redes sociais Facebook e Instagram!