25-08-2017

Conheça os pratos de bateria e suas distinções.

Saiba tudo sobre os pratos de bateria e as suas distinções.

A bateria é o instrumento que normalmente chama muita atenção do público nos shows. Montada de diversas formas, ela não possui uma montagem padrão. Cada baterista monta da forma que lhe convém, facilitando a forma de tocar.
Caixa, tons, surdo, bumbo e pratos de bateria, são os instrumentos mais utilizados variando timbres, tons e tamanhos. Vamos dar ênfase aos pratos de bateria:

Fatores determinantes para a distinção entre os pratos:

Três fatores são determinantes para a distinção entre os pratos de bateria. São eles: material, tamanho/peso e formato (shape).

Material:

Os pratos de bateria são comumente construídos a partir de liga metálica, geralmente feito em bronze (cobre + estanho) ou latão (cobre + zinco).

Os pratos em latão são geralmente indicados iniciantes, já os em bronze são utilizados por profissionais ou mesmo amadores que já tocam há algum tempo. As ligas metálicas dos pratos em bronze variam nas seguintes denominações: B8, B10, B12, B15, B18, B20 e B23. Os números (8, 10, 12, 15, 20 e 23) estão relacionados à quantidade de estanho que existe na liga. Quanto mais estanho mais rígido fica o prato de bateria e exigem diferentes técnicas de fabricação.

Tamanho / Peso:

Em um kit básico, normalmente encontramos um chimbal de 14”, um ride de 20” e um ataque de 16” (Lembrando que isso não é regra, cada batera deve montar o seu). Se você gosta de estilos mais pesados como o Rock, Punk ou Hardcorde, o ideal seria a utilização de pratos mais pesados e resistente, que produzirão um som mais alto e agressivo.
Você deve ficar atento quando for comprar um prato de bateria para seu kit. Procure testar diferentes pratos para verificar qual se adapta melhor ao seu estilo de tocar, pode ser que estilo exija pratos de diâmetros maiores que o descrito acima.
Você também pode encontrar pratos com nomenclaturas Power, Medium e Thin (além de pratos intermediários, como os medium thin e o medium).

Em um kit básico, normalmente encontramos um chimbal de 14”, um ride de 20” e um ataque de 16”. Lembrando que isso não é regra, cada batera deve montar o seu.

Você também pode encontrar pratos com nomenclaturas Heavy, Medium e Thin (além de pratos intermediários, como os medium thin e o mediun heavy).

Tipos de pratos de bateria

Chimbal ou Hi-Hat
É um dos principais pratos de bateria para qualquer tipo ou estilo musical. São dois pratos COMBINADOS responsáveis por conduzir a maior parte da música. Você pode tocar com eles encostados (chimbal fechado) ou desencostados (chimbal aberto).

hihat

  • Ride
    Têm a mesma função do chimbal: a de conduzir a música. Porém, são mais utilizados nos refrões ou partes mais acentuadas. Normalmente são bem maiores (18” a 24”) e têm um som com brilho e sustain. 

    ride

  • Crash
    São pratos utilizados para valorizar e pontuar determinados momentos da música, como o início ou final de uma virada (feel) de bateria. Suas medidas variam bastante (14″ a 20″), assim como o peso (Thin, medium ou power).

    crash

  • Pratos de Efeito – China, Bells e Splash
    Os pratos de efeito, como sugere o nome, são utilizados como alternativas de valorização e pontuação ritmica. Cada um possui o som bem característico e definido. O ideal é usar em momentos específicos da música ou onde sua criatividade determinar.

    efeitos