Como se manter focado(a) nos estudos em meio às festas de fim de ano?

27/12/2019

Olá! Hoje, eu Moisés Santana, quero refletir com vocês sobre a difícil tarefa de se manter focado nos últimos dias do ano. Espero poder ajudar alguns de vocês a conseguirem usar os últimos dias de 2019 com sabedoria!

O fim do ano é um período cheio de ações pré-estabelecidas pela convenção social, tais como, sair de férias, viajar, visitar ou receber parentes, dar um tempo da constante correria do dia a dia, descansar, desintoxicar a mente e por aí vai. Tudo isso é muito importante e necessário para se manter justo consigo mesmo e com as pessoas que estão ao seu redor.

Mas em meio a toda essa quebra de rotina onde ficam seus estudos? Onde fica a sua dedicação e compromisso diário de se manter focado e em constante evolução?

A resposta para essa pergunta muitas vezes causa um autoflagelo instantâneo nos mais rigorosos consigo mesmo, como eu.

Às vezes somos tão tiranos com nos mesmo que não nos permitimos dar aquela pausa na rotina para visitar os pais, brincar com os sobrinhos, viajar com a esposa, dormir até às 12h, etc… Entendo que no decorrer do ano esse tipo de “flexibilidade” na rotina é bem difícil de ocorrer. Antes de se culpar pelo suor não derramado lembre-se, em uma época repleta de valores familiares é muito importante deixar um pouco de lado o que você pretende ter e valorizar o que você já tem!

Uma pausa na rotina faz bem, te ajuda a colocar as ideias no lugar, rever seus objetivos e suas estratégias. Te ajuda a ver a situação do lado de fora da caixa, te ajuda a observar, reavaliar, reestruturar e executar com mais assertividade.

No entanto isso não quer dizer deixar de planejar as ações para o próximo ano, não quer dizer que você não terá que se esforçar e se abdicar de muitas coisas que as “pessoas normais” fazem para buscar seu objetivo. Se você fizer o que todo mundo faz provavelmente terá resultados que todo mundo tem, se fizer diferente de todos os resultados serão equivalentes.

Aqui vai uma reflexão muito verdadeira que pode lhe ajudar na tomada de decisão em meio a uma bifurcação entre a vida social e a solidão do seu quartinho quente fedido e húmido em que você passa horas estudando: Ser bom não se trata de talento nem tão pouco de sorte, ser bom é uma escolha. Se você escolher ser bom esteja pronto para pagar o preço.

Acredito que ser tirano consigo mesmo, se culpando por aquelas horas que passa proporcionando alegria aos seus familiares e amigos, não é algo correto. Em contra partida deixar seus estudos totalmente de lado não fundamentando o porque dessa pausa é igualmente errado.

Li certa vez que o sucesso tem que ser algo completo, equilibrado. Compreendi a partir dessa observação do autor que assim como não se pode contar apenas com o piloto para vencer uma corrida – é necessário ter um bom carro, um motor potente, pneus adequados, equipe competente, etc… – o nosso sucesso também depende de outras coisas, tais como família, amigos, saúde e etc…

Aproveite o fim de ano para esvaziar a mente e o coração de sentimentos e pensamentos que estão sobrecarregando sua vida, reflita sobre seus erros e acertos em 2019 e entre em 2020 com foco total! Com um planejamento impecável, a disposição de um triatleta, a força de um urso e a alegria de uma criança!

Boas festas! Nos vemos em 2020!