Quero viver de música, mas não consigo – Com Moisés Santana

11/06/2019

Quero viver de música, mas não consigo – Com Moisés Santana

Quero viver de música mas não consigo: Sabe aquele sonho de criança de ser um astronauta? De dar a volta ao mundo ou ser um super-herói? Bem, são sonhos embasados na ilusão de que ali se encontra o ápice da felicidade e da realização.

Não muito distante dessas crianças sonhadoras estão milhares de pessoas com o sonho de viver da música. Um sonho que em certo ponto da vida pode fazer mais mal do que bem. Isso acontece pelo fato da vida levar a pessoa para cada vez mais longe do seu sonho. Família, trabalho, falta de dinheiro, morar em locais com pouco ou nenhum recurso, tudo isso faz a pessoa pensar que a música não é algo para ela, que não nasceu para viver da sua arte, e voltando ao que disse algumas palavras antes, isso vem a fazer mais mal do que bem.

Mas até onde somos donos no nosso destino? Até que ponto somos capazes de mudar o curso natural da nossa vida? Será que uns nascem para brilhar e outros para serem meros coadjuvantes?

Bem, vou expor minha opinião com base em conceitos de vida que se tornam cada vez mais perpétuos conforme os anos vão passando. Sempre acreditei que como seres humanos nós somos capazes de transmitir energia, seja ela positiva ou negativa, com isso penso que muitas vezes o buraco que nos aprisiona foi cavado por nós mesmos. Já perdi as contas de quantos amigos músicos expressaram sua vontade de viver de música, mas descarregaram a culpa da sua frustação na namorada, nos pais, no trabalho, etc…

Uma pergunta, como você pretende viver da sua música com seriedade e comprometido, se você não consegue se posicionar profissionalmente para as pessoas que estão a sua volta? Nunca acreditei na frase “santo de casa não faz milagre”, muito pelo contrário, penso nesta frase com outro sentido, “santo de casa não faz milagre, porque não há milagres a serem feitos, todos já foram realizados com maestria pelo santo da casa”.

Estudo e conhecimento

Como pretende viver de música se não busca conhecimento, estudo, atualização ou especialização? Pense da seguinte forma, um médico não para de estudar depois que se torna médico, ele sempre está em busca de conhecimento, a fim de ser levado a sério como profissional. Se pretende viver de música leve isso a sério, é sua profissão, como popularmente expressamos, seu ganha pão. Algo que eu posso afirmar desde já é que se você acha que viver de música é diversão garantida, sem trabalho duro, sem stress, sem os clássicos BOzinhos que tiram o seu sono, você está muito enganado e seu erro provavelmente começa aí.

É um trabalho que deve ser levado a sério tanto quanto qualquer outro, ou até mais, já que na maioria das vezes o produto a ser inserido no mercado é você. A maioria das coisas que nos submetemos em outros trabalhos, também vamos vivenciar trabalhando com música, com um diferencial, você é um músico apaixonado pelo que faz, e isso sempre será um trampolim motivacional! É bom enfatizar que não existe formula mágica, se você não gosta de trabalhar, não se empenha, não busca dar o seu melhor sempre, nada vai acontecer.

Agora é quando você se pega pensando, “é, mas para mim não dá por isso ou por aquilo”, pode parecer duro mais se você pensou algo do tipo com a convicção de que sua realidade é imutável, talvez você não esteja preparado para viver da sua arte. Talvez essa não seja sua hora. Certa vez li um livro e o autor dizia, que chega uma hora na vida da pessoa em que ela precisa abrir mão de alguns sonhos, isso faz com que sua carga fique mais leve, tornando a caminhada menos dolorosa e focada no que realmente importa. Mas se você está disposto realmente a ter a música como profissão não fique triste, vou tomar a liberdade de alterar a máxima “quem quer consegue” para “quem quer faz acontecer”, acredito ser mais adequada para a ocasião.

É importante lembrar que apesar de estarmos falando de arte existe todo um business a ser levado em consideração. Isso quer dizer que se você pretende viver de música, independente das circunstâncias, você precisa ser estratégico. Comece fazendo uma análise dos seus pontos fortes e fracos, os fortes serão suas diretrizes para te inserir no mercado, os fracos serão os pontos a serem minimizados. A partir dai analise o mercado em que pretende atuar e identifique possíveis oportunidades, seja ousado! Lembre-se o que não te desafia não faz você mudar!

Elabore sua estratégia

Elabore um plano que faça você estar cada vez mais envolvido com a música. Conheço vários músicos que começaram tocando aos fins de semana e trabalhando em lojas de instrumentos musicais durando a semana, ótimo! Você já está trabalhando na transformação do seu universo! Acho que esta seria uma boa colocação, MUDE SEU UNIVERSO! Fazendo isso as pessoas ao seu redor vão perceber o quanto você está comprometido em ser um profissional sério, o respeito e a admiração pelo seu trabalho serão consequência.

Para finalizar tenho uma última dica, se pretende viver de música prepare-se para fazer grandes escolhas, escolhas essas que vão testar seu foco e comprometimento com sua carreira musical. Mais desde já posso afirmar que toda grande escolha que fazemos em prol dos nossos sonhos nos impulsiona na direção dos mesmos, pense que, você não perde o que deixa para trás para viver de música, você alivia a sua carga, com isso você fica mais leve, mais leve você caminha mais rápido.

Gostou do texto do nosso endorsee e colunista Moisés Santana? Acompanhe mais textos como esses acessando nosso blog! Acompanhe a Orion nas redes sociais Facebook e Instagram!