fbpx
IMG_0016-7

TONY KARPA

Baterista aracajuano, começou aos 14 anos, autodidata, aprendeu a ler partitura sozinho.

Cofundador da banda ONE LAST SUNSET (metal core) Trabalhos paralelos: Mamutes (Hard rock), Jazz de A a Z(Brazilian Jazz).

Músico profissional há 20 anos e instrutor há 10 anos.

Em 2014, após ter sido aluno do baterista, multiinstrumentista e produtor Jean Dolabella – Ego Kill Talent e Ex – Sepultura. Resolveu tentar a vida em em São Paulo. Há 6 anos morando na capital paulista, com inúmeras experiências acumuladas como SIDEMEN.

Bateras Beat: Maior rede de escolas da América Latina na qual atua como instrutor há 8 anos e sendo destaque em conversão de novas matrículas.

School of Rock: Maior rede de escolas do mundo. O músico vem desenvolvendo na musicalização infantil através de uma metodologia própria e repertório variado usando instrumentos de uma banda de rock.
Cursos Little Wing, Rookies & Rock The Schools.


DRUMTECH: Stevie Jordan & Thomas Pridgen, realizado no estúdio Family Mob.

GAROTOS PODRES: Há 3 anos baterista da clássica banda de punk rock, colecionando shows em todo território nacional, lotando em 100% os shows, com passagem em Santiago do Chile e preparando lançamento após hiato da banda.

O CAMPO E A CIDADE: Com o trio de rock independente com músicas autorais , paralelamente faz trilha sonora de filme ao vivo no circuito artístico cultural de São Paulo.

WORKSHOPS: O músico vem realizando uma série de workshops com apresentações no Conservatório de Música de Aracaju-SE, AST Escola de Música (ABC paulista) & Montreal Music Shop. Atualmente o músico prepara seu 1º trabalho solo com participação de músicos produtores Brasil a fora.

MEU PRATO

O músico usa as linhas Rev 10, Rage 10 & Opus Bravíssimo. Por serem pratos equilibrados, atendem perfeitamente a demanda de aulas, gravações dos mais variados estilos e grandes palcos. Obs.: Em especial escolhi a linha Opus Bravíssimo, por que, além de ser para Orquestras/linha clássica. Os pratos caíram como uma luva na sonoridade da banda Garotos Podres e, também, por chegarem exatamente n sonoridade dos anos 80 e proporcionar aos músicos um “range” maior de possibilidades no quesito “Lo-fi “

MEU SETUP

Ride 20”Rev 10
Crash 16” Rev 10
Crash  18” Rev 10
Hit hat 14” Rev 10 
Splash 10” Rev 10
Mini china 11” 1/2 Rev 10
Crash 18” Rage 10
China 18” Rage 10
Hit hat 16” Opus Bravíssimo
Crash 18” & 19” Opus Bravíssimo

Fechar Menu